19/06/11

A emoção de ser Pai

Já estava desconfiando devido alguns enjôos que minha mulher já estava dizendo sentir, e claro pelo atraso de alguns dias. Mas ai minha esposa resolveu fazer aquele teste de farmácia só para tirar à dúvida, ligamos para uma farmácia e logo o exame estava em casa, ela fez o teste e me lembro como se agora fosse, ela saiu do banheiro e ficou em pé na porta da sala com o exame na mão e chorando, eu e meu filho que estávamos assistindo TV não sabíamos se riamos da situação ou a abraçávamos. Levantei dei um abraço e agradeci a Deus por nos dar esse presente. Saímos depois para comer alguma coisa e comemorar, afinal um presente desses é para comemorar muito.
No domingo pela manhã minha esposa foi fazer um exame de sangue para comprovar, afinal exame de farmácia não é 100%, mas também foi confirmado. E eu, passei a manhã toda com um enjôo tremendo, um mal estar, e isso era para minha esposa sentir, não eu. Mas dizem que o pai também fica grávido. E passei o dia todo meio estranho, quase que não acreditando. Meio abobado ainda, mas muito feliz, pois é um presente que queríamos muito.
E logo já começamos a fazer planos, a pensar em tudo que mudará nossas vidas nesses nove meses e depois pelo resto de nossas vidas.
O que comprar? O que fazer? Que médico ir?
Nossa a minha cabeça começou a trabalhar sem parar, como trazer um filho para um mundo tão cheio de maldade, com tanta violência, drogas e tantas mentiras. Mas estaria sendo egoísta em não trazer essa benção de Deus para este mundo que também é tão lindo, tão bom, com tantas oportunidades.
Afinal meu dever é ensinar meu filho com bons princípios, com boa educação, com respeito, sempre com a presença de Deus em nossa casa, e o caminho dela/e ela/e decidirá.
A cabeça de fato não para, nove meses parece muito, mas já esta parecendo tão pouco devido a tanta coisa para preparar.
Estou nervoso, ansioso e preocupado com tantas coisas, será que é normal? Parece que é a primeira vez, afinal nosso filho já tem 12 anos, já é quase um adolescente, e agora teremos um bebezinho para cuidarmos, que dependerá de nós 100%.
Dia 13/06 fomos ao Dr. Nilton fazer o primeiro exame, o primeiro ultra-som, e como é bom ouvir o coraçãozinho do bebê tum tum tum tum, nossa esta a mil, acelerado e forte, e o que é mais inacreditável ainda é saber que o bebe está apenas com cinco milímetros, ou seja, menor que um grão de arroz. Como Deus é perfeito em sua criação. E explicações à parte, ficamos muito agradecidos pelo Dr. Que nos deu toda a atenção que precisávamos. Ele será o médico do nosso bebê e nos acompanhará durante esses nove meses. E como é maravilhosa a profissão de médico, farei um artigo um dia desses, quanta responsabilidade, quanto conhecimento eles possuem.
Estava pensando que nome dará a ele/ela, afinal o nome carregamos para a vida toda, e olha que o nome é motivo de muita piada entre as crianças e mesmo adultos. Tenho que escolher um nome bacana, e pensar se ele/ela ira gostar. São tantas coisas a pensar nesse momento. Parece que a ficha ainda não caiu direito.
Que sensação maravilhosa é essa espera, talvez seja a espera mais gostosa que sentimos. Aproveitar cada dia, beijar e falar com a barriga parece ridículo, mas só quem é pai sabe o quanto é gostoso cada momento desse, momento de dar carinho, de conversar, de cuidar da mãe a cada minuto, a cada palavra, dando carinho, atenção, respeitando, para que esse sentimento passe para o bebe, para que sinta desde agora que é amado.
Que Deus nos conserve assim, unidos e felizes pela nova vida que se aproxima.

Um comentário:

  1. KARINA ROMANINI GRACIANO LOPES20 de jun de 2011 18:27:00

    Parabéns... Muitas felicidades... Vocês merecem isso e muito mais.
    Um amor que resistiu a tantas barreiras e agora com um bebê a caminho. Um elo inesquecível...
    bjs
    Adoro vocês.

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...